O FC Porto bateu o Aalborg (32-29), em jogo da primeira mão dos oitavos de remaining da Liga dos Campeões, numa partida em que esteve sempre na frente do marcador. Mitrevski, na baliza, foi decisivo para o triunfo azul e branco.

Há um grande princípio no andebol, transcendente a qualquer outra modalidade coletiva, que ensina que na defesa se ganham jogos e competições. Foi precisamente através desse princípio que o FC Porto conseguiu garantir uma vantagem de quatro golos ao intervalo (18-14), que foi até de seis ao longo da etapa inaugural. Numa formação defensiva seis-zero, sempre muito coesa e com todos os jogadores posicionados de forma inteligente, provocando faltas atacantes aos adversários, os Dragões conseguiram, nos primeiros dez minutos, impedir o acerto dos dinamarqueses por quatro vezes consecutivas. À passagem da metade do primeiro tempo, conseguiram mais uma série de três situações defensivas seguidas com sucesso, levando Stefan Madsen, treinador do Aalborg, a colocar as mãos na cabeça por causa da ineficácia ofensiva da sua equipa.

Na etapa complementar, apesar de uma entrada em falso dos portistas, Mitrevski segurou a vantagem mínima no marcador com inúmeras intervenções de grande nível, tendo, aos 43 minutos, defendido, até aí, um terço dos remates que visaram a baliza do FC Porto. A eficácia ofensiva melhorou ao longo do segundo tempo e, da junção do acerto ofensivo com o defensivo, resultou a vitória (32-29) no remaining dos primeiros 60 minutos desta eliminatória.

“Foi um bom resultado, jogamos bom andebol, tivemos possibilities no início da segunda parte para passar para cinco golos, mas cometemos alguns erros. Ainda estamos no intervalo da eliminatória, temos de fazer um bom resultado na Dinamarca. Foi um bom jogo contra uma boa equipa. No seis para seis controlámos e estivemos muito bem na defesa, mas alguns erros no ataque causaram contra-ataques, foram pequenas coisas que não nos permitiram ter um resultado mais avolumado”, afirmou o treinador portista após a partida.

Os Dragões vão, assim, com três golos de vantagem para o jogo na Dinamarca, da segunda mão destes oitavos de remaining da Liga dos Campeões, que será disputado no dia 7 de abril (17h45, Porto Canal/FC Porto TV).

FICHA DE JOGO

FC PORTO-AALBORG, 32-29
Liga dos Campeões, oitavos de remaining, 1.ª mão
1 de abril de 2021
Dragão Enviornment

Árbitros: Nenad Nikolic e Dusan Stojkovic (Sérvia)

FC PORTO: Nikola Mitrevski e Márton Székely (g.r.); Victor Iturriza (8), Manuel Spath, Djibril M’Bengue (3), Miguel Martins, Rui Silva (2), Daymaro Salina (4), Ivan Sliskovic (1), Leonel Fernandes, Diogo Branquinho (2), Diogo Silva , António Areia (7), André Gomes (3), Miguel Alves (0) e Fábio Magalhães (2)
Treinador: Magnus Andersson

AALBORG: Simon Gade e Mikael Aggefors (g.r); Benjamin Jakobsen , Jonas Samuelsson (1), Sebastian Barthold (8), Felix Claar, Valdemar Hermansen, Sebastian Henneberg, Lukas Sandell (3), Nikolaj Christensen (3), Magnus Jensen (4), Andreas Jensen, Mark Marcher (3), Mads Christiansen (0), Henrik Mollgard (7) e Buster Juul-Lassen 
Treinador: Stefan Madsen

Ao intervalo: 18-14





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial