Lateral do FC Porto diz que afastar a Juventus foi o melhor da carreira e aborda futuro

Se estrear-se na Liga dos Campeões já foi um sonho twister realidade, chegar aos quartos de closing da competição após deixar pelo caminho um dos principais favoritos (Juventus) à conquista da “orelhuda” é algo indescritível para Zaidu. “Até agora é o melhor momento da minha carreira a nível de clubes”, garantiu o lateral do FC Porto, em entrevista a uma rádio nigeriana, reproduzida pelo portal “Personal Objective Nigeria”.

“Jogar os quartos de closing da Liga dos Campeões no meu primeiro ano será incrível. Não encontro palavras para descrever”, perspetivou o esquerdino, antes de abordar o duelo com Cristiano Ronaldo. “Defrontar um dos melhores do Mundo é motivação suficiente para dares o teu melhor e a sensação foi inacreditável, especialmente porque levámos a melhor na eliminatória. Ele foi o adversário mais difícil que enfrentei até agora esta época e esses jogos foram os melhores da minha carreira”, apontou o nigeriano, que defronta amanhã o Benim, na fase de qualificação para a CAN.

“Não esperava ter feito tantos jogos”

A permanência de Alex Telles no Dragão até bem perto do fecho do mercado de transferências no verão manteve Zaidu no banco de suplentes nas três primeiras jornadas do campeonato e levou o nigeriano a temer uma época na sombra do brasileiro. “Para ser sincero, não espera ter feito tantos jogos como fiz”, afirmou o lateral-esquerdo, cujo batismo como titular do FC Porto surgiu emblem no primeiro clássico da temporada, contra o Sporting, depois de o internacional brasileiro ter rumado ao Manchester United.

Ao todo, o internacional nigeriano já foi utilizado por 35 vezes por Sérgio Conceição, pelo que faz uma avaliação positiva da temporada, tanto a nível particular person, como coletivo. “Fazer parte de uma equipa que tem estado bem em todas as frentes deixa-me satisfeito”, explicou Zaidu, que ainda há duas temporadas representava o Mirandela e disputava o Campeonato de Portugal. Desde então chegou ao FC Porto, jogou a Champions e tornou-se internacional pela Nigéria.





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial