Redação

Tópicos

Treinador do Chelsea abordou com cautela a eliminatória frente ao FC Porto, nos quartos de ultimate da Liga dos Campeões.

Foi com uma postura cautelosa que Thomas Tuchel, treinador do Chelsea, abordou o resultado do sorteio dos quartos de ultimate da Liga dos Campeões, que colocou o FC Porto no caminho da equipa londrina.

O técnico alemão rejeita qualquer tipo de otimismo exagerado e deixa um aviso sobre o teórico favoritismo que possa ser atribuído aos “blues” na eliminatória com os dragões.

“Antes de mais, quero dizer que estou contente por não jogarmos contra uma equipa inglesa numa prova europeia. A Champions League é isso mesmo. Sempre preferi jogar contra equipas de outros países. Depois, temos a segunda mão em casa, é algo que sabe bem, começar fora e ter, talvez, uma ligeira vantagem por terminarmos em casa”, começou por referir Tuchel, prosseguindo:

“Claro que muita gente vai apontar-nos como favoritos contra o FC Porto. Isso não vai ajudar. Podem ir a Turim perguntar a opinião sobre isso, se ajuda ser favorito”, atirou o treinador do Chelsea, em alusão aos oitavos de fina da Champions, fase em que o FC Porto eliminou a Juventus de Cristiano Ronaldo.

“Temos confiança e estamos comprometidos. Vamos defrontar um adversário forte com todo o respeito, mas agora estamos nos quartos de ultimate e pensamos como podemos ganhar. O único foco é chegar às meias-finais”, rematou Thomas Tuchel.

O Chelsea, recorde-se, eliminou o Atlético de Madrid nos oitavos de ultimate da competição.





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial