Fazendo o balanço da época doméstica até agora, Pinto da Costa não deixou passar oportunidade de criticar a Liga pelo calendário do FC Porto, algo que Sérgio Conceição tem vindo também a fazer nos últimos meses.

 

«Quando ganhámos em Turim achei muito engraçado quando disseram que foi uma vitória do futebol português. Mas foi porque o FC Porto e português. Agora, foi uma vitória do FC Porto, o futebol português não fez nada para ajudar o FC Porto.  Na Holanda, quando o Ajax jogou na Champions, na jornada anterior não jogou para ter os jogadores frescos; o FC Porto foi a Turim, com apenas a vantagem de um golo, e three dias antes teve de jogar em Barcelos para a Liga. Um calendário apertadíssimo e essa tem sido uma das condicionantes: é impossível jogar de three em three dias, nenhuma equipa consegue estar sempre ao mesmo nível. Antes do FC Porto-Benfica, jogámos na Madeira, para a Taça, e 120 minutos. Com viagens e tudo impossível pedir que os jogadores estejam ao mesmo nível», criticou em entrevista ao Porto Canal.

 

«É inconcebível que [aconteça isto] a um clube que está nos oitavos de remaining, que traz pontos para o rating… Quem devia salvaguardar são as pessoas que mandam no futebol português, que não sou eu. A Federação e a Liga, claro. Na Holanda foi a federação que impediu que o Ajax fosse fazer os jogos uns em cima dos outros… É bonito receber aquelas mensagens chapa cinco mas mesmo bonito period dizerem ‘alto, o FC Porto tem aqui um jogo não pode ter um jogo mesmo antes e outro depois’. Isso é que period bonito de ver», explicou. 



Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial