Com a vitória sobre o Paços de Ferreira (2-0), o FC Porto chegou aos 51 pontos no campeonato e assumiu, provisoriamente, o segundo lugar da Liga. Após o encontro no Estádio do Dragão, Sérgio Conceição sublinhou que teve pela frente “uma equipa que se organiza bem” e deixou elogios ao desempenho dos Dragões, que fizeram por merecer este desfecho numa semana complicada para os portistas: “Gostei muito da serenidade da equipa, não pode ser de outra forma se queremos chegar a patamares elevados e lutar por títulos, temos de ser humildes e focados em todos os jogos”. Segue-se a deslocação a Portimão (sábado, 18h00, Sport TV).

Análise à partida
“Temos que contar com aquilo que é a valia do adversário, não podemos contar só connosco, apesar de concordar que, na primeira parte, devíamos descobrir formas de criar mais perigo, apesar da equipa estar bem defensivamente. Só na segunda parte o Marchesín defendeu uma bola parada. A equipa esteve equilibrada, muito focada na perda de bola, que period uma das situações que podia causar perigo, a transição defesa-ataque. Eles têm jogadores rápidos, o Tanque segura bem a bola, os laterais aparecem bem na frente. Na primeira parte não criámos tantas oportunidades, na segunda parte a equipa mostrou um caráter fantástico depois de um grandíssimo jogo europeu. Há fadiga psychological e emocional por jogar uma eliminatória contra a Juventus da forma que foi. Os jogadores estão de parabéns, porque mostraram que querem ter uma palavra a dizer no campeonato. O Paços de Ferreira criou muito menos do que o costume, estamos contentes com a vitória. Period um jogo difícil, o Paços de Ferreira é a equipa revelação da Liga, é uma equipa que se organiza bem com os médios a trabalharem muito, com os alas a acompanharem os nossos laterais, sempre à espreita dos contra-ataques. Nesse aspeto a equipa esteve muito concentrada. Eles têm o Douglas na frente, os alas a projetar, sabíamos que period importante estarmos concentrados com bola e com isso não ficar inibidos. Na primeira parte não o fizemos de forma esclarecida, na segunda parte fomos acentuando o que foi o nosso ataque e foram surgindo ocasiões. Como estávamos muito tempo em ataque organizado, mexi para dar coisas diferentes e foi uma escolha acertada porque chegámos aos golos e podíamos ter feito mais ainda. Gostei muito da serenidade da equipa, não pode ser de outra forma se queremos chegar a patamares elevados e lutar por títulos, temos que ser humildes e focados em todos os jogos. Este period um jogo perigoso depois do que tinha sido a eliminatória contra a Juventus, os jogadores estão de parabéns por isso”.

As substituições
“A minha ideia period dar coisas diferentes ao jogo, não é por ter mais gente na frente que se chega com mais perigo. O Otávio por dentro, tendo o Francisco (Conceição) com o Corona, o apoio por dentro com um avançado, conseguiu desbloquear um bloco defensivo do Paços de Ferreira baixo no campo. Period preciso dar outras coisas ao jogo e foi isso que quis para criarmos problemas diferentes ao Paços de Ferreira. Aquilo que eu achava que nós necessitávamos, podemos e devemos associar jogadores que num espaço onde haja muitos jogadores adversários e consigam sair, o Corona, o Francisco e o Otávio conseguiram com qualidade, o Luis Díaz na relação com o Sérgio, criámos situações e problemas diferentes ao Paços de Ferreira e isso beneficiou a equipa. O Marega também trabalhou bem e eu acho que ele é muito importante, porque muitas vezes é ele que trabalha para que os outros saiam nas capas de jornais”.

A luta pelo campeonato
“Faltam 33 pontos, estamos aqui a representar um clube como o FC Porto. Enquanto for possível estamos a lutar, jogo a jogo, ultimate a ultimate, e no ultimate do campeonato faremos as contas e veremos quem será o campeão”.

O desgaste dos jogadores
“Period importante que os jogadores não fossem às seleções e ficassem cá. Por um lado é bom porque temos um clube em que temos jogadores que representam as suas seleções, mas no que toca a esse tal descanso não acredito que fiquem mais frescos depois das seleções. Esta semana é importante, vamos ter cinco dias de descanso, o que é importante. É o quarto jogo de três em três dias, tem sido uma carga muito grande para os jogadores, mas temos de encontrar soluções”.





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial