O FC Porto B empatou neste domingo frente ao Desportivo de Chaves (1-1), no Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira, em partida referente à 24.ª jornada da Liga Portugal 2. Com este resultado, os Dragões passam a somar 18 pontos, igualando o Varzim e mantendo-se na última posição da tabela classificativa.

O FC Porto B apresentou-se em Chaves com cinco alterações: Rodrigo Conceição e Ndiaye, castigados – tal como o treinador António Folha -, ficaram de fora da convocatória, assim como Marcano (lesionado). Diogo Bessa e Gonçalo Borges (opção) não começaram de início no encontro deste domingo. Nos seus lugares, alinharam Rodrigo Pinheiro, Carlos Gabriel, Gonçalo Brandão, Romário Baró e Bernardo Folha. 

Todo o perigo dos bês portistas na etapa inaugural da partida teve um denominador comum: Bernardo Folha. O jovem médio criou a primeira oportunidade de golo com um pontapé forte, desviado por um defesa flaviense e sacudido pelas luvas de Paulo Vítor. Aos 21 minutos marcou mesmo, num grande lance particular person: fez um túnel ao adversário direto e disferiu um míssil do meio da rua, que chegou com distinção ao fundo das redes da equipa da casa. Bernardo poderia ter bisado, não fosse mais uma vez Paulo Vítor a negar um vólei de dentro da área com uma enorme intervenção com as pernas (32m). Carlos Gabriel surpreendeu de livre direto, que ficou a centímetros do golo (37m), e esteve na marcação do canto a que Danny Loader correspondeu com uma cabeçada certeira, que só foi parada com mais uma tremenda estirada do guarda-redes flaviense (39m). O Chaves criou perigo por três vezes no primeiro tempo: João Teixeira atirou, numa primeira tentativa, para uma defesa tranquila de Ricardo Silva (14m), João Reis acertou no travessão da baliza portista (19m) e Roberto, contra o que vinha sendo a corrente do jogo, fez o empate, depois de um passe de Bachi por cima da defensiva portista (42m). No entanto, e apesar de ter sido validado pela equipa de arbitragem liderada por Artur Soares Dias, o golo dos transmontanos é obtido em posição irregular.

Na segunda parte, apesar de um maior caudal ofensivo do Chaves, foram do FC Porto B as melhores oportunidades de golo. Numa primeira ocasião, Carlos Gabriel cruzou ao segundo poste, Boateng cabeceou, mas a bola embateu com estrondo no poste direito da baliza flaviense. Já perto do apito last, e poucos minutos depois de entrar, Igor Cássio colocou os Dragões na frente na sequência de uma jogada perfeitamente authorized, mas o lance foi invalidado por um fora de jogo mal assinalado, à semelhança do que havia já acontecido no encontro da jornada anterior, frente ao Casa Pia.

“Vamos somando pontos nesta caminhada, já é mais um jogo fora, temos tido jogos difíceis, em campo difíceis, mas vamos somando e acreditamos que o ponto se vai transformar em três pontos. O videoárbitro é mais uma ajuda, mais uma ferramenta que os árbitros podem ter, e tudo o que seja no sentido de ajudar, é bem-vindo. Não vi os lances, mas no sentido de haver verdade desportiva é bem-vindo”, afirmou Fábio Moura, adjunto de António Folha, após o encontro.

O FC Porto B volta a entrar em campo no dia 21 de março (domingo, 15h00, Porto Canal), frente ao Covilhã, no Estádio de Pedroso, em jogo da 25.ª jornada da Liga Portugal 2.

FICHA DE JOGO

CHAVES-FC PORTO B, 1-1
Liga Portugal 2, 24.ª jornada
14 de março de 2021
Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira

Árbitro: Artur Soares Dias
Assistentes: Rui Licínio, Paulo Soares
Quarto árbitro: Nuno Pereira

CHAVES: Paulo Vítor; Rafael Viegas, Luís Rocha, Vasco Fernandes, João Reis; Nuno Coelho, João Teixeira, Benny; Wellington Carvalho, João Bachi e Roberto
Substituições: Juninho por Bachi (71m), Guedes por Roberto (78m), Niltinho por Wellington Carvalho (78m), Zé Tiago por Benny (86m), Nicolas Reis por Luís Rocha (87m)
Não utilizados: Ricardo Moura, Bura, José Gomes e Kevin Pina
Treinador: Vítor Campelos
 
FC PORTO B: Ricardo Silva; Rodrigo Pinheiro, João Marcelo, Gonçalo Brandão, Tiago Matos, Carlos Gabriel; Rodrigo Valente, Bernardo Folha, Romário Baró; Kelvin Boateng e Danny Loader
Substituições: Gonçalo Borges por Kelvin Boateng (67m), Johan Gómez por Romário Baró (79m), Diogo Bessa por Carlos Gabriel (79m)
Não utilizados: Iván Cardoso, Pedro Justiniano, Ebuka, Rafa Pereira e Diogo Ressurreição
Treinador: Fábio Moura

Ao intervalo: 1-1
Marcadores: Bernardo Folha (21m) e Roberto (42m)
Disciplina: Cartão amarelo a Roberto (24m), Carlos Gabriel (57m), Zé Tiago (90m+1) e João Reis (90m+5)





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial