Redação

Tópicos

Declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, depois da vitória por 2-Zero ante o Paços de Ferreira.

Análise ao jogo: “A equipa esteve sempre bem defensivamente, o Paços de Ferreira raramente chegou à nossa baliza. Esteve sempre muito equilibrada, muito concentrada e na segunda parte fomos criando mais oportunidades. A equipa teve um caráter fantástico depois de um grandíssimo jogo europeu, com a viagem pelo meio, o prolongamento, a fadiga emocional, jogar contra a Juventus e a eliminatória ter sido da forma que foi… os jogadores estão de parabéns. Demonstraram que queremos continuar a ter uma palavra a dizer no campeonato. Fizemos a nossa obrigação e somos justíssimos vencedores.”

Contas do título: “Faltam 33 pontos e estamos aqui a representar um clube grandioso, como é o FC Porto. Enquanto for matematicamente possível, nós acreditamos e vamos lutar jogo a jogo. No remaining, fazem-se as contas e veremos quem vai ser o campeão.”

Saída de Marega: “O Marega tem qualidade, mas é outro tipo de qualidade. Mexi para o que achava que necessitávamos. Devemos, com estas equipas de bloco baixo, associar jogadores que, apesar da densidade, conseguem sair a jogar. Otávio, Corona e Francisco Conceição conseguiram fazer com qualidade e do outro lado o Luis Díaz. O próprio avançado criou situações diferentes. Isso não quer dizer que o Marega não tivesse trabalhado bem. É um jogador muito importante mesmo frente a equipas com bloco baixo, pois é ele que trabalha para que os outros saiam. Valorizo tanto isso como quem faz o golo.”





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial