Treinador do FC Porto rejeita a ideia de que os jogadores estejam psicologicamente fatigados

Sérgio Conceição fez esta sexta-feira a antevisão do jogo de amanhã, com o Gil Vicente, em Barcelos, e frisou a importância de o FC Porto voltar aos triunfos.

Explorar as costas da defesa?
“Depende da postura e do comportamento da equipa adversária e do que fizemos para obrigarmos o Gil Vicente a estar mais recuado no campo. Haverá momentos em que teremos aproveitar esse espaço. Mas são situações que podem acentuar-se mais ou menos dependendo do que fizermos em campo.”

Relacionadas

Ocupação de espaços
“Esses momentos passam principalmente nas provas internas por quando a equipa perde a bola. Essa má ocupação do espaço associada a algum facilitismo em alguns casos fez com que tivessemos sofrido mais golos. Nos anos que estive aqui temos sido a melhor defesa e o melhor ataque (só num ano não fomos). Estamos preparados para defender bem e quando assim é estamos preparados para atacar bem.”

Fase decisiva da época, teme cansaço?
“Nesta época em que se fala tanto em covid, esse cansaço psychological para mim não existe. Cansaço psychological têm as pessoas que estão doentes, tanta gente com dificuldades para pagar contas, para comer… Aí é preciso força psychological e uma atitude muito grande na vida. Agora nós? No futebol? Treinadores e jogadores? Pessoas que aparecem todos os dias na TV? Que têm o privilégio de fazer o que gostam e ainda por cima são bem pagos? Tenho dificuldade em entender esse cansaço psychological. Temos um autocarro com todo o conforto, ficamos em hotéis prime, estamos num clube que merece todo o respeito do mundo, que nos permite estar na melhor competição de clubes do Mundo. Cansaço físico existe. O Pepe jogou debilitado, fisicamente é terrível. É um campeonato anormal, temos de superar isso e aí entram os tais jogadores que não têm tantos minutos e que têm de dar uma boa resposta.”

Contexto Champions
“Vamos à procura de ganhar amanhã que é o mais importante. E ir à procura dos three pontos em cada jogo do campeonato e no fim faremos as contas. Matematicamente é possívcel, temos um grupo em que muitos deles perceberam o que period estar atrás do primeiro, mas compete-nos ter a ambição de ir à procura dos three pontos em cada jogo do campeonato. Não é uma missão impossível, a partir do momento em que o empate passou a valer 1 ponto, tudo é possível no futebol. Eu acredito que vamos dar luta, mas temos de correr atrás do prejuízo.”

A motivação é o apuramento para a Champions?
“Olhamos para o primeiro lugar e isto não é prepotência da minha parte.” 

Por File


5

Deixe o seu comentário





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial