Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Marchesín está mais exposto do que nunca aos rivais e com o Marítimo fixou novo máximo pessoal de defesas na Europa.

Marchesín recuperou a aura de salvador que conquistou na época passada junto dos adeptos do FC Porto, à custa de uma exibição frente ao Marítimo com vários feitos heroicos, que permitiram aos dragões manterem acesa a esperança na conquista do bicampeonato.

As seis defesas com que o argentino terminou o encontro, três delas com um grau de dificuldade considerável (Tagueu, Correa e Alipour) e outra quase milagrosa (Léo Andrade), constituem um novo recorde pessoal desde que aterrou em Portugal proveniente do México (lá, chegou a somar nove num desafio).





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial