Nanu reencontra a sua anterior equipa, o Marítimo, que representou pela última vez há uma volta, precisamente contra o FC Porto. Um jogo de má memória para os dragões, que perderam com os insulares, 3-2, no Dragão, mas feliz para o guineense, autor de um dos tentos da sua equipa. Poucos dias depois seria oficializado como reforço azul e branco e saltaria do banco frente ao Sporting.

Por File





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial