O FC Porto e o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense informam, conjuntamente, terem chegado a um acordo para a transferência dos direitos económicos do atleta Pepê. O jogador permanece no Grêmio até ao closing do mês de junho, apresentando-se na Invicta no início do próximo período de transferências internacionais, a 1 de julho de 2021.

Aos 23 anos, o avançado oriundo do Grémio de Porto Alegre rubrica um vínculo com os Dragões válido por cinco temporadas, até 2026, com uma cláusula de rescisão cifrada nos 70 milhões de euros. Pelos direitos desportivos do primeiro reforço para a época que se avizinha, o FC Porto desembolsa a quantia de 15 milhões de euros.

Pure do estado brasileiro do Paraná, Eduardo Gabriel Aquino Cossa – Pepê no mundo do futebol -, começou a carreira como futebolista num clube native, o Foz do Iguaçu, antes de rumar por empréstimo ao Coritiba. Após o regresso a casa, foi recrutado pelo Grémio e mudou-se para Porto Alegre para integrar os escalões jovens do tricolor. 

Em cinco épocas ao serviço do emblema capital do Rio Grande do Sul, Pepê venceu três campeonatos gaúchos e participou em 86 jornadas do Brasileirão, durante as quais assinou 20 golos e 10 assistências. Na presente campanha às ordens de Renato Gaúcho, o avançado de 1,75 metros soma nove remates certeiros e cinco passes para golo. Na última edição da Taça dos Libertadores da América, Pepê atuou em oito partidas, marcou três golos e foi figura de destaque na caminhada do Grémio até aos quartos de closing.

O polivalente destro – que completa 24 anos no próximo dia 24 de fevereiro – conta ainda com seis chamadas à seleção brasileira de Sub-23 para disputar a qualificação sul-americana rumo aos Jogos de Tóquio. Em meia dúzia de encontros no âmbito do Torneio Pré-Olímpico, Pepê fez o gosto ao pé em três ocasiões e ajudou o Brasil a garantir a presença nas Olimpíadas de 2020, a realizar este Verão na capital japonesa.





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial