Sérgio Conceição mostrou-se extremamente satisfeito com a vitória, por 2-1, sobre a Juventus, mas lamentou o golo sofrido frente ao conjunto italiano, que precisará ‘apenas’ de vencer por 1-Zero na segunda mão para seguir em frente.

 

«Entrámos a ganhar no jogo mas não foi por acaso, foi algo trabalho essa pressão mais alta sobre o adversário. Os jogadores interpretaram perfeitamente o que queríamos nesse momento. Foi importante esse primeiro golo, mas continuamos sempre muito organizados, fosse em bloco alto ou baixo. Condicionámos muito bem a saída de jogo pelo Rabiot, que é muito importante e tem muita influência na construção… Os jogadores fizeram um jogo fantástico, cumpriram tudo o que foi planeado e são os grandes obreiros desta vitória.

 

– Só aos 70 minutos a Juventus teve um remate perigoso, estamos a falar do campeão italiano, uma equipa muito forte, com individualidades acima da média, das melhores do mundo. Podíamos ter feito o 3-Zero numa saída rápida do Sérgio Oliveira e, pela solidez da nossa exibição, ficou aquele amargo de boca do golo sofrido», analisou à TVI, com Sérgio Conceição a não querer, para já, falar da segunda mão.

 

«A nossa Champions agora é na segunda-feira, com o Marítimo, é uma verdadeira last para nós. Na semana seguinte recebemos o Sporting e queremos reabrir o campeonato na Madeira.»



Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial