Lateral saiu mais cedo do encontro com o Tondela e foi reavaliado ontem de manhã, afastando-se o cenário de uma lesão grave. Fica de fora com o Paços (Taça da Liga) e em dúvida para o Nacional (campeonato)

Zaidu foi reavaliado ontem de manhã e os exames complementares afastaram o cenário de uma lesão grave, que os portistas temiam quando o viram sair mais cedo do encontro com o Tondela.

O lateral não escondeu as dores, esteve no banco a ser assistido e a fazer gelo, mas tudo não passou de um susto. De acordo com o o boletim clínico, Zaidu sofreu “apenas” uma contusão na perna esquerda, à qual realizou tratamento, que o vai obrigar a falhar o encontro de amanhã com o Paços de Ferreira (18h45), da Taça da Liga, mas que não o vai afastar da decisão da Supertaça Cândido de Oliveira na semana seguinte.

Aliás, até é possível que o defesa recupere a tempo de defrontar o Nacional, no domingo. Tudo dependerá da forma como evoluir nos próximos dias, ainda que o mais importante para Sérgio Conceição seja a disponibilidade para o clássico com o Benfica.

“Não sabemos nada. Está com alguma dificuldade no gémeo, vamos avaliar nas próximas horas”, explicou o treinador portista após o triunfo sobre o Tondela, o que aumentou a expectativa quanto à gravidade da lesão.

Tal como sucedeu nos minutos finais do jogo com o Tondela, Manafá será o eleito para render Zaidu amanhã à noite. Aliás, foi quase sempre assim quando o nige riano não jogou. E isso aconteceu apenas três vezes: a primeira contra o Marítimo (2-3) quando ainda havia Alex Telles; depois com o adversário de amanhã, o Paços por ter sido expulso na partida anterior frente ao Gil Vicente; finalmente, foi poupado da deslocação ao terreno do Fabril, para a Taça de Portugal.

Nestes dois últimos jogos, Manafá jogou à esquerda e Corona à direita para o campeonato com Carraça a ter a sua única oportunidade até à knowledge no confronto com a equipa do Campeonato de Portugal. Curiosamente, o FC Porto perdeu os dois encontros da Liga em que Zaidu não participou e pelo mesmo resultado (2-3).

Com 1042 minutos distribuídos por 14 jogos, Zaidu é – de longe – o reforço mais utilizado por Sérgio Conceição esta temporada. O lateral, que ainda há pouco tempo jogava no Mirandela, tinha pela frente a grande responsabilidade de render Alex Telles – transferido para o Manchester United – e não vacilou. Já marcou dois golos e fez uma assistência, mas é a consistência defensiva que tem convencido a crítica.

DADOS

Assumiu a titularidade após a saída de Alex Telles e é o reforço com mais tempo de utilização. Aliás, é o oitavo jogador mais usado por Sérgio Conceição, com 1042 minutos.

O lateral leva dois golos pelo FC Porto. A estreia foi contra o Marselha, na Champions, e depois abriu a contagem no “louco” 4-Three ao Tondela.





Supply hyperlink

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial